FESTIVAL DE CARNE DE ONÇA DE CURITIBA

A carne de onça é mais que um simples prato local, esse pode ser considerado um patrimônio histórico de tão enraizado que está na Cultura local! São centenas de restaurantes e bares que servirão a sua própria releitura desse tradicionalíssimo e não é à toa que ganhou um festival com seu nome.

O Festival de Carde de Onça de Curitiba é algo que já está a caminho de se tornar tradicional com a sua 3a versão acontecendo esse ano, 11 a 30 de setembro. Infelizmente não dá mais tempo de participar esse ano, mas quem sabe você não planeja a sua visita a Curitiba bem no período do próximo festival?

Bem, se você está curioso para saber o que acontece nesse festival assim como se aprofundar um pouquinho mais na história de como a carne de onça surgiu, continue lendo esse texto e prepare-se para o Festival de Carde de Onça de Curitiba 2019.

A HISTÓRIA DA CARNE DE ONÇA

Em fato, o prato carne de onça foi reconhecido como patrimônio cultural de Curitiba ainda em 2016 e se você está ouvindo falar dele pela primeira vez, não se assuste, não é carne de animal onça, mas sim de vaca.

Sergio Medeiros – editor do Curitiba Honesta, site que falaremos um pouco mais a frente no texto – descreve a receita tradicional desse prato “carne bovina magra (sem nervo ou gordura), sem tempero, sobre fatias de broa preta, pimenta do reino, sal, azeite de oliva extra virgem, cebola branca (cortada bem fininha), cebolinha (também cortada fininha), mais sal, azeite de oliva e pimenta do reino”.

A história para o nascimento desse prato começa nos campos de futebol, acredite se quiser. O diretor do time Britânia, Cristiano Schimidt que também era dono do bar Marechal Deodoro, conhecido carinhosamente de Toca do Tatu, para comemorar toda vez que seu time ganhava uma partida servia carne crua com broa e cebola branca picada.

Em um certo dia, Duia, o goleiro do Britânia reclamou “Poxa, Schimidt, você só serve essa carne aí que nem onça come!” e assim nasceu um dos pratos que, 60 anos depois, continua como um dos mais característicos da capital paranaense.

Agora que você já sabe como surgiu esse prato, pronto para saber mais sobre o festival? Vamos lá!

O FESTIVAL DE CARNE DE ONÇA DE CURITIBA

Voltamos agora ao Curitiba Honesta. O seu editor, Medeiros, é o organizador do Festival de Carne de Onça de Curitiba que contou com a participação de 34 bares e restaurantes especializados na facção desse prato.

Esse patrimônio imaterial é reimaginado todos esses restaurantes, contudo, sem “desvirtuar demais da receita, “trocando o tipo de carne, por exemplo. Mas os temperos variam – a Cantina do Délio serve com alcaparras e carne picada, por exemplo – e às vezes até a broa dá lugar a outro tipo de pão, como o Mr. Hoppy Beer & Burger, que utiliza pão de hambúrguer” como esclareceu Sergio em entrevista para o Gazeta do Povo.

Uma das partes mais legais a respeito do festival é que o preço da carne de onça é o mesmo em todos os restaurantes participantes, na 3a edição foi de R$ 12,90 e o período de 19 dias é tempo mais que suficiente para conseguir experimentar todas as receitas que te chamarem atenção.

Curioso para ver como é? Veja algumas dessas receitas que foram postadas no portal Curitiba Honesta:

O bar Barbaran serve patinho moído temperado com sal, aceto balsâmico e milho de pimenta suave cobertos com cebolinha verde e cebola branca picada sobre a tradicional broa preta. Acompanhado com as famosas cervejas artesanais locais, certamente um manjar.

Fonte: Curitiba Honesta

Até se você está cortando carboidratos encontrará uma opção no Canabenta, a receita tradicional sobre abobrinha e berinjela grelhadas finalizadas com mostarda escura e um pouco de limão a gosto.

Fonte: Curitiba Honesta

A versão do cidadão do mundo traz a receita servida em um pão australiano e acompanhada com pimenta biquinho e mostarda escuta. Essa é a escolha certa para os amantes de hambúrguer.

Fonte: Curitiba Honesta

O Tiwanaku também inova na broa que na verdade é um pão produzido à base de malte de cerveja que é acompanhado com molho barbecue, molho tártaro e molho curry com mostarda amarela e especiarias.

Fonte: Curitiba Honesta

Gostou do que viu? Bem, no Festival de Carde de Onça de Curitiba 2019,. você poderá visitar  uma das capitais mais incríveis de todo o Brasil e satisfazer a sua de mergulhar de cabeça no turismo gastronômico.

Para isso, pode contar conosco do Hotel Curitiba Palace e Curitiba Palace Slim para te hospedar enquanto você prova todas as receitas de carne de onça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *